Multa Por Baixa Velocidade

SAO PAULO/SP - 10/05/2010 - NOVA / VELOCIDADE / MARGINAL / TIETE - GERAL/JT - Placa de sinalizacao de velocida na pista expressa da Marginal Tiete.Hoje em dia é comum encontrar pessoas trafegando nas rodovias com muita pressa, ultrapassando os outros veículos que se encontram também nas rodovias, com o intuito de chegar mais depressa ao local pretendido. O fato é que não é algo muito comum encontrar veículos trafegando em uma velocidade muito baixa, mesmo que em bairros mais residenciais, onde precise se trafegar com mais cautelas a fim de evitar atropelamentos e outros acidentes.

Mas é preciso saber que mesmo que um carro esteja trafegando em baixa velocidade, isso também pode ocasionar acidentes, dependendo do local em que o carro esteja circulando. Segundo pesquisas, nos últimos três anos, não houve multa por baixa velocidade nas principais rodovias. O artigo 219 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) classifica como infração média trafegar abaixo da metade do limite estabelecido para cada via, obstruindo o fluxo. Ou seja, se o máximo permitido é 100 km/h, deve-se viajar a pelo menos 50 km/h.

Mas existem algumas exceções onde essa infração não é aplicada, como no caso de congestionamentos, condições meteorológicas ruins ou se o veículo lento estiver na faixa da direita, dados fornecidos pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

Os riscos de dirigir em baixa velocidade

Especialistas advertem que a presença de veículos lentos em rodovias, fora da faixa da direita, aumenta o risco de acidentes, mas na verdade o grande problema é a diferença de velocidade entre os automóveis. Quando há automóveis trafegando em alta e baixa velocidades o mesmo espaço, maior é a chance de uma colisão traseira.

Dependendo do trecho, os caminhões são os principais responsáveis pelo desrespeito ao artigo 219 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro). Os caminhões são mais lentos, principalmente se estiverem carregados. Quando eles vão para a faixa da esquerda, a diferença de velocidade em relação aos automóveis provoca risco de colisões. Em algumas das principais rodovias, as ultrapassagens malfeitas causam congestionamentos, pois os caminhões não conseguem retornar para a direita e geram filas na subida da serra.

Tchau Multa! Livre-se do pagamento de multas e pontos na carteira. Multa revertida em advertência. São mais de 18.983 multas anuladas usando o nosso sistema!

A fiscalização contra o desrespeito ao artigo 219 do CTB é normalmente e manualmente feita pela PM (Polícia Militar) Rodoviária. Os radares podem flagrar esse tipo de irregularidade, mas os equipamentos não são configurados para essa finalidade, pois poderiam gerar autuações para motoristas parados em engarrafamentos.

Multa Por Baixa Velocidade

multa baixa velocidade 1O artigo 219 do Código de Trânsito Brasileiro diz que transitar com o veículo em velocidade inferior à metade da velocidade máxima, salvo se estiver na faixa da direita, constitui infração média, sujeita a multa de R$ 130,16.

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem , essas autuações quase não existem, afirmou a chefe de segurança rodoviária do DER, Heloísa Helena de Moraes. Para ela, a fiscalização de veículos que trafegam em velocidade abaixo da mínima surtiria efeito no número de acidentes registrados, especialmente

A Polícia Rodoviária alega que flagrar veículos em baixa velocidade é infração “de difícil constatação”. Já a entidade que representa as usinas afirma que um terço da cana é transportada por fornecedores independentes.